“Ainda não sabia o que queria, mas não podia me deixar levar pelo mais fácil ou por aquilo que os outros achavam certo. Só precisava de tempo até decidir o que era melhor para mim.”

— A Seleção



Sinopse: Para trinta e cinco garotas, a Seleção é a chance de uma vida. É a oportunidade de ser alçada a um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.

Para America Singer, no entanto, estar entre as 'Selecionadas' é um pesadelo. Significa deixar para trás o rapaz que ama. Abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.

Então America conhece pessoalmente o príncipe - e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que nunca tinha ousado imaginar.


🍁 Quando eu soube que A Seleção vai ser adaptado, eu corri para ler!! Enrolei bastante, pois, sempre ouvia falar SUPER BEM ou SUPER MAL haha, de verdade, não existe um meio termo, ou as pessoas amam ou elas odeiam.. (Adianto que sou do time que amou haha)

A Historia já é bastante conhecida, mas eu sempre fugi dos spoilers, então quando li, foi tudo uma grande surpresa!
No primeiro livro da série vamos America, Aspen e Maxon, os principais protagonistas dessa historia. 

A Historia se passa em Illéa, uma monarquia formada após a destruição dos Estados Unidos durante a terceira Guerra Mundial. Um lugar onde é tradição que o príncipe (quando atinge uma certa idade) se case com uma plebeia e por isso se foi criado (muitos anos antes) A Seleção, onde um grupo de 35 garotas de todas as Castas tem a oportunidade de se tornar a próxima rainha. A Seleção é um concurso televisionado e tem um numero enorme de inscrições, afinal, quem não quer ser a princesa e um dia rainha ? 

Para America, isso é uma grande besteira, mas, após incentivo de sua família e seu então namorado, ela decide se inscrever, acreditando que jamais seria escolhida, só que no dia do comunicado das 35 garotas que irão para o palácio, o nome de America é dito em alto e bom som e então, tudo começa ficar mais interessante!

America, eu super me identifico com ela. Me irritei bastante com ela? Sim, Queria da uns bons tapas em alguns momento? Sim, Ela chorava demais? Sim, mas... gente, ela tinha apenas 17 anos haha, eu com 27 até hoje me sinto perdida rs. Apesar de todos os “pesares” acho America incrível, ela não se curva facilmente as regras, ela fala o que pensa, é amiga, forte. 

Aspen e America namoraram secretamente durante dois anos, devido a casta de Aspen ser inferior a de America, caso o romance fosse descoberto, America seria “rebaixada” no sistema, o que tornaria ela uma Seis ( ela era cinco) e faria com que a vida deles fossem bem mais difícil.
Em alguns momentos eu quis bater tanto em Aspen rsrs, principalmente quando ela prepara um jantar especial para ele (na expectativa que seria pedido em casamento) e ele recusa por se sentir ofendido. Os dois terminaram o namoro antes de America ir para A Seleção, porém, ele será chamado para ser soldado no palácio, o que não facilitará as coisas para America. 

Maxon é o cavaleiro que toda mulher sonha um dia encontrar. Ele é bonito, carismático, leal, companheiro, inteligente e muito amigo. Ele e America vivem muitas coisas juntos (ele até impede dela ser expulsa do concurso por diversas vezes) e eles acabam se tornando muito amigos (já que para America, tudo ali não passava de Ajuda para a família e comer MUITO!), só que Maxon não quer só a amizade de America, mas enquanto ela não se decide o que quer, ele precisa conhecer e desfrutar da companhia das demais candidatas. 

A Seleção não se encerra nesse primeiro livro, vamos descobrir quem finalmente é a escolhida apenas no terceiro livro da Serie, mas Kiera Cass conseguiu deixar esses livros tão gostosos de ler, que a gente devora, pois queremos sempre saber mais e mais. 

E você já leu? Me conta o que achou !
Beijinhos e até a próxima !
Taty 🍁